24/01/2014

A Linguagem das Flores


Também chamada de Floriografia, foi um costume turco do século XVII que consistia em uma espécie de código  inovador no qual as mais diversas mensagens poderiam ser transmitidas sem a necessidade do uso de tinta ou papel, mas através das flores e seus significados.

Exposta pela primeira vez em 1718, tópico de uma carta da Lady Mary Wortley sobre sua visita à Turquia, ganhou grande popularidade no continente Europeu e teve o seu primeiro "dicionário" publicado em 1819, por Louise Cortambert, que o escreveu sob o pseudônimo de Madame Charlotte de La Tour, intitulado "Le Langage des Fleurs", o qual se tornou obra de referência para os usuários do método.

A linguagem silenciosa e discreta chamou a atenção dos poetas ingleses, ganhando espaço na literatura inicialmente com Thomas Hood (1799 - 1845) e seu poema "A Linguagem das Flores" .

O ápice da popularidade foi alcançado na Era Vitoriana, quando principalmente as mulheres perceberam a eficiência do meio de comunicação, já que a demonstração de algum sentimento nas  conversas era limitada. Durante esse período a linguagem se tornou mais complexa, incorporando, além das mensagens de cada flor, um significado por trás do arranjo, do número de flores e do modo que eram entregues e recebidas. Por exemplo, entregar a flor com a mão direita indicava "sim", enquanto que com a esquerda, "não".

Entretanto, devido à essa popularidade, vários significados foram sendo atribuídos à mesma flor, algumas vezes contraditórios, tornando as mensagens confusas e de difícil compreensão. E então, em 1884, foi publicado em Londres o livro "The Language of Flowers", escrito por Jean Marsh e ilustrado por Kate Greenaway, que tornou-se o padrão da Era Vitoriana.

Autores mais contemporâneos também exploraram a Floriografia em suas obras, como José Rodrigues dos Santos em "O Codex 632" e Alyson Nöel na série de livros "Os Imortais", além da famosa escritora de mistério Agatha Christie em seu livro "Os Quatro Suspeitos".

E por fim, algumas flores e seus respectivos significados:

□ Coroa Imperial: majestade e poder;
□ Margarida: amor inocente e a virgindade;
□ Dedaleira: falsidade;
□ Genciana: "És injusto";
□ Orquídea: beleza feminina, a sensualidade e a delicadeza;
□ Bromélia: criatividade, resistência e a vitalidade;
□ Prímula: amizade e juventude;
□ Narciso: vaidade;
□ Jasmim: graça e elegância; 
□ Violeta: modéstia, lealdade e o equilíbrio;
□ Peônia: vergonha e timidez.
Tulipa: declaração de amor eterno;
□ Hera: fidelidade;
Rosa: amor e afeto;
□ Lírio: nobreza, a inocência e a pureza da alma;

"Doces flores sozinhas podem dizer o que a paixão teme revelar" 
- Thomas Hood.

7 comentários:

  1. ah, que interessante.. eu adoro as rosas, jasmim e lirios *-*

    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN

    ResponderExcluir
  2. Sempre amei tulipa! :3
    Não sabia disso! Muito legal! ;)
    Beijos e fique com Deus!
    Batom De Framboesa.

    ResponderExcluir
  3. Isso de significado das flores me fez lembrar de Jogos Vorazes, porque os nomes da Katniss e da irmã dela, Prim, eram baseados em espécies de flores.

    Sinceramente eu não saberia reconhecer a diferença entre um lírio e uma orquídea nem se elas dançassem macarena na minha frente. Mas acho flores lindas, só sou meio n00b mesmo. E é legal saber os significados, e mais legal ainda ver como os autores incorporaram isso em seus livros. Eles pensam em cada detalhe, não?

    E sobre seu post ali embaixo dos filmes mais esperados do ano, estou morrendo por A menina que roubava livros, A culpa é das estrelas e Mockingjay (o terceiro de jogos vorazes).

    muggle-world.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu amo flores, adorei saber o significado de algumas!! Sempre fui apaixonada por rosas e orquídea, mas depois do post comecei a ver as tulipas com outros olhos <3
    Beijos
    www.entendademoda.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog, linda. E ótimo post, me identifiquei com a Bromélia, kkk. bjs
    http://a-florescer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Uma linguagem tão poética essa! Não sabia disso, então achei ótimo e interessante o post. Gostei bastante do significado das flores, sempre achei que atrás delas existiam algum tipo de mistério!

    ResponderExcluir

© Haru Kingdom - Todos os direitos reservados | Layout por: SWEET DESIGN